ANGELA CADA VEZ MELHOR

Minha foto
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
Sou psicóloga há 32 anos ,nas áreas de RH, Psicoterapia , Escolar e Regressão. Também sou professora . Sou questionadora... inquieta... um vulcão (às vezes adormecido)... sujeita a chuvas e trovoadas . Busco,incessantemente, continuar voando porém com os pés no chão..... O que mais amo fazer e faço com muito prazer é VIVER!!!!! Estou agora incrementando meus dons artísticos e criando muita coisa linda!!! Vendo tudo!!!!! Se quiser saber mais... é só perguntar!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Medos...(1)

Medo de errar

Não querer errar nunca é uma fragilidade terrível!
O medo do erro começa a neutralizar nossas forças e não nos permite ir além do nosso pequeno mundinho...

O medo geralmente é  negativo... limitante!
Cruel e destrutivo.

A cautela sim, é positiva, instigante... é produtiva.

Angela Cifani

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Cont (3) Você AMA ou é PROPRIETÁRIO(a)?

Amar não é se apossar da vida do outro e sim, a "responsabilidade" de viabilizar o crescimento da liberdade fundamental que existe no outro...
O amor verdadeiro nos faz livres para irmos , para nos promovermos e não para nos reter com medo de nos perder...
Se você não se acha competente o suficiente para se fazer amado pela pessoa amada___O PROBLEMA É SEU!!!!
Se seu mundo é pequeno___O PROBLEMA É SEU !!!!
Se para ter alguém você precisar prender... reflita____ Você está muito pior do que imaginava!!!. Busque ajuda!

Cresça!Aprenda a suportar não ser amado pelo outro pois todo mundo pode não te amar MENOS VOCÊ!!!!! Se amar é sua responsabilidade!
Pense. Se não se acha merecedor , se acha pouco para alguém, como vai querer que este alguém te valorize?????? Prendendo? Até quando?

ACORDA!Faça algo positivo por você sem destruir o outro ...
Comece SE respeitando... reflita!

Angela Cifani

domingo, 7 de outubro de 2012

Continuando...(2)__ SER

Quando alguém é colocado na condição de "algo" , vive a negação de sua dignidade... é como se deixasse de ser "humano" pois deixa de ser considerado como pessoa e passa a viver a condição de "objeto" _ ou seja _ deixa de ser "organismo" para se transformar em "mecanismo"...
O pior é que este alguém permite esta relação . Geralmente o medo de ser deixado , o encoraja a sofrer tudo, muitas vezes se apegando à máxima: "Ruim com ele, pior sem ele" .... A Situação acaba se tornando para este sofredor um lugar seguro!!!!!!!!
Por isto é que muitas pessoas  são martirizadas , exploradas, apanham de seus parceiros, patrões  e não largam...e " acreditam" que tudo vai melhorar...

Existem relações que já acabaram faz tempo mas continuam  arrastando e sustentando -se de migalhas , ilusões, mentiras ____COVARDIA!!!!
Muitos esperam que o outro tenha por eles a consideração que não têm por si mesmos...
E o pior é que nem sempre percebem esta falta de auto respeito...
Viram mecanismo de prazer e utilização dos outros.

Angela Cifani

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Desejo e Prazer (1)

Bom, como havia prometido, começo a escrever sobre este tema.... qualquer dúvida é só perguntar... aceito comentários...

O desejo "é uma pulsão" que nos movimenta rumo a alguma realidade. Desejar é uma constante na vida humana. Podemos dizer que relações são duradouras à medida que o foco do desejo permanece... Os desejos podem até ter sido modificados mas o foco permanece e por isso o outro não " quis" ir embora.

O prazer é um poço sem fundo, vicia, cria dependência nos fazendo procurar por ele o tempo todo e querendo mais e mais...

Podemos dizer que o desejo precisa de tempo para ser despertado, é profundo , cria permanência sadia , impulsiona para frente, gera crescimento, novas buscas... e o prazer é rápido , "detesta" limites, é mais raso, transitório, cria permanência doentia ...efêmero.

O bom é conjugar os dois!!!! É preciso entender que os prazeres não nasceram para serem definitivos porém o desejo sim!

De leve...

Já perceberam a quantidade de homens e mulheres lindos(as) que só conseguem ser objeto de prazer e nunca o foco de desejo? As pessoas passam por elas mas não permanecem... É uma prova de que o prazer não é o suficiente para o outro querer ficar...ou seja, o que nos faz apaixonar uns pelos outros é o desejo que somos capazes de despertar...

__Corpos perfeitos despertam prazeres mas nem sempre despertam desejo.

__O desejo mantem a dinâmica da conquista!

Angela Cifani